Portfólio da Cisco visa desafios industriais

 

Cerca de 40% das empresas serão deslocadas de suas posições no mercado nos próximos cinco anos – tudo em função da disrupção digital. E de acordo com uma pesquisa realizada pelo Global Center for Digital Business Transformation, 75% dessas empresas ainda precisam lidar com este risco, priorizando sua estratégia digital.

Com o objetivo de auxiliar seus clientes nesta importante transição, a Cisco apresenta quatro novas soluções digitais para quatro setores da indústria - Manufatura, Transporte, Serviços Públicos e Óleo & Gás. As soluções visam ajudar os clientes a conectarem máquinas e ativos, romper os silos de informação e digitalizar os dados de forma integrada em toda a empresa. A Cisco também está lançando um portfólio de segurança específico para a Internet das Coisas (IoT) na indústria. Os clientes poderão utilizar o novo Cisco IoT System Security e os serviços da companhia e de parceiros para mitigar o risco de interrupção de sistemas e garantir uma conformidade eficiente.

Removendo os obstáculos da eficiência
Para se manterem competitivos, os setores da indústria de manufatura, serviços públicos, óleo & gás e transporte precisam aumentar sua produtividade, gerar maior valor e criar melhores experiências para seus clientes e consumidores finais. E alguns dos maiores obstáculos da eficiência são os silos operacionais. Os silos separam pessoas, máquinas, sistemas, informações e áreas completas de um negócio; eles separam a informação da operação. Só o rompimento destes silos com uma arquitetura mais holística e integrada é capaz de conectar pessoas, facilitar a comunicação e gerar maior agilidade de operação.

Quatro novas soluções digitais para a indústria e o portfólio de segurança para a Internet das Coisas:

Connected Machines - Máquinas conectadas para a manufatura digital: Uma arquitetura integrada que redefine a segurança, a eficiência e a visibilidade das operações. Esta solução permite conectividade rápida, padronizada e repetível de máquinas, além da integração global da fábrica, possibilitando novos modelos de negócio com a digitalização de processos de submontagem. A solução inclui ainda o acesso remoto altamente seguro, o monitoramento e a manutenção das máquinas. A FANUC América e a Cisco anunciaram que pretendem implementar esta solução para a conectividade, análise e manutenção preventiva de robôs industriais. Em um evento em San Jose, a empresa de alta tecnologia Flex relatou como já utiliza a solução Connected Machines para a integração de máquinas e os robôs da FANUC para aprimorar a eficiência e a qualidade de suas operações. A Cisco também anunciou uma série de pacotes de soluções a preços competitivos para simplificar e acelerar a digitalização da infraestrutura da rede, de sistemas Wi-Fi e da segurança de fábrica dos clientes.

Smart Connected Pipeline para a indústria de Óleo & Gás digital: Uma arquitetura altamente conectada e segura que oferece às empresas de Óleo & Gás maior controle sobre suas operações, ajudando a proteger seu patrimônio contra acidentes ou ataques digitais. As operações se tornam mais confiáveis, eficientes e seguras. A Schneider Electric e a Cisco estão colaborando para trazer a solução Smart Connected Pipeline ao mercado e já trabalham com clientes como a ENI, multinacional italiana de óleo e gás.

Substation Security – Segurança de subestação para Serviços Públicos Digitais: Uma arquitetura interligada e muito bem-vinda que oferece redes de energia altamente seguras, gerando um serviço público mais eficiente e confiável. Agora, mais do que nunca, as redes de energia precisam de camadas extra de proteção e segurança. As empresas de Energia da América do Norte, por exemplo, devem obedecer à uma nova política de proteção à infraestrutura, a North American Electric Reliability Corporation Critical Infrastructure Protection (NERC/CIP). A empresa de energia da Carolina do Sul - SCANA - será a primeira a implantar a solução Cisco Substation Security, projetada para permitir que as concessionárias cumpram essas leis.

Connected Mass Transit – Transporte coletivo interligado para transporte digital: Uma arquitetura conectada que permitirá a entrega de maior segurança e mobilidade, garantindo uma melhor experiência para o passageiro. Através de uma arquitetura de rede convergente baseada na Internet das Coisas (no Cisco IoT System), os sistemas de trânsito podem aprimorar a automação, colaboração, câmeras de vídeo, a agilidade entre Cloud e Fog Computing e a inteligência de negócios. Do centro de controle e gerenciamento até as estações de trânsito, passando por ruas, trens e à bordo dos próprios veículos de transporte público, a solução da Cisco coloca a segurança em primeiro lugar. Situado às margens do rio Danúbio, a cidade austríaca de Linz está implementando esta solução para agilizar as operações em toda a sua rede de ônibus elétricos.

IoT System Security - Sistema de Segurança da Internet das Coisas: O portfólio de produtos IoT System Security oferece conectividade com alta segurança, visibilidade e controles para assegurar que a Internet das Coisas ofereça vantagens competitivas para clientes de todos os setores. O portfólio IoT System Security inclui um novo dispositivo exclusivo (o ISA-3000, voltado à visibilidade de aplicações, ao cumprimento de políticas e a defesa contra ameaças) e uma nova solução o Fog Data Services. O portfólio conta ainda com soluções para a segurança física da Internet das Coisas, com câmeras de vigilância, controle de acesso físico e gerenciamento com análises avançadas. A Cisco continua expandindo seu portfólio de sistemas de Segurança por meio de novos lançamentos e colaboração com parceiros-chave do ecossistema, como a Rockwell Automation.

 

Fonte: http://www.decisionreport.com.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=20840&sid=41

Please reload

Posts Recentes
Please reload

  • Wix Twitter page
  • Wix Facebook page
  • Wix Google+ page
  • LinkedIn Social Icon