A importância da TI sustentável

 

Publicado em 20/abr/2015 5:00:00

 

Entenda por que a sustentabilidade é um assunto que merece atenção também na área de TI.

 

A sustentabilidade faz parte do dia a dia das grandes empresas, inclusive as específicas do segmento de TI e as que têm o seu departamento próprio de TI. O motivo é simples: as questões ecológicas estão sendo amplamente abordadas em todas as corporações. Nunca se falou tanto em sustentabilidade, preservação do meio ambiente ou uso racional dos recursos naturais e energéticos.

O assunto despertou tanto interesse que há alguns anos as empresas de TI estão pesquisando como elas podem atuar neste cenário ou até mesmo modificar seus comportamentos internos, ou seja, estão dando uma atenção a mais para a consciência ambiental e promovendo ações de sustentabilidade. Mas, como promover a sustentabilidade no segmento de Tecnologia da Informação?

Antes de responder ao questionamento acima, é importante ressaltar que a atuação de forma sustentável da empresa a valoriza em todos os sentidos, seja no mundo corporativo ou até mesmo pela forma na qual a sociedade vê a sua atuação. Em 2011, o Instituto Sem Fronteiras, organização sem fins lucrativos especializada na realização de pesquisas e cursos nos setores de TI, Telecomunicações e Internet, realizou uma pesquisa com 1.140 empresas e deste total, quase metade (44%) possuíam uma política de sustentabilidade, ou seja, adotaram a “TI Verde”.

A sustentabilidade em Tecnologia da Informação pode ser aplicada em qualquer empresa, pois se trata de uma forma de reduzir os desperdícios e aumentar a eficiência dos processos. A TI Verde corresponde à soma da economia de energia com gestão de recursos desde as cadeias produtivas e todo o ciclo que vai da extração de matéria-prima até o final da vida útil do equipamento, incluindo seu descarte. Em alguns casos, a “TI Verde” ainda colabora para diminuição do desperdício e o aumento da eficiência nos recursos utilizados pelos computadores.

Com essa mudança, as empresas especializadas em computadores passaram a produzir produtos considerados mais eficientes, ou seja, que consomem menos energia elétrica e são considerados ecologicamente corretos.


TI e desenvolvimento sustentável

A área de TI é uma necessidade corporativa que auxilia desde o gerenciamento dos processos administrativos à otimização dos serviços que são oferecidos aos clientes. Isso porque, graças ao departamento de TI, as empresas estão conhecendo seus clientes e com isso melhorando seus atendimentos. A empresa pode também estabelecer metas e estratégicas para conseguir captar novos clientes, além de manter os já existentes. E tudo feito com sustentabilidade aplicando ao máximo a “TI Verde” em todos os processos empresariais. Afinal, o principal objetivo de qualquer empresa é reduzir os danos causados ao meio ambiente e manter uma cultura sustentável, postura que vem sendo adotada gradativamente.

Atualmente, pesquisas na área apontam que pequenas e médias empresas ainda não adotaram esse comportamento nos processos que envolvem a Tecnologia da Informação e outras adotaram em partes. A justificativa para esse comportamento é simples: é uma mudança que irá trazer benefícios em longo prazo, por isso é preciso de um investimento considerável, benefício que muitas vezes pode atrapalhar o planejamento já preestablecido.

Como para toda questão há duas versões, apesar das justificativas apresentadas, é bom ressaltar que a responsabilidade com o meio ambiente serve de instrumento de divulgação das metas da empresa, virando uma ferramenta forte de marketing, o que pode gerar um retorno positivo para a imagem da empresa.

Vale ressaltar que de acordo com “ITWEB (2009) a pesquisa Latin America Greent IT Survey 2009: Brazil and México Highlights”, 70% das organizações acham importante investir na “TI Verde” promovendo a redução do impacto das empresas no meio ambiente.

 

A TI verde e sua aplicabilidade

“TI Verde” não se limita apenas à fabricação de equipamentos ecologicamente corretos. Iniciativas como placas de energia solar para converter energia solar em eletricidade e levar energia elétrica para os vilarejos mais distantes sem custo para o consumidor; planos de racionalização de energia, incluindo substituição da iluminação de mercúrio por lâmpadas de sódio que são mais eficientes, substituição de monitores convencionais pelos de LCD, substituição de computadores mais modernos e com menor consumo, redução da utilização e redimensionamento de condicionadores de ar, consolidação de impressoras e de Data Centers, também são algumas medidas sustentáveis.

Com esse panorama, fica evidenciado que a sustentabilidade já faz parte dos planos de muitos empresários, pois a “TI Verde” tem conquistado avanços importantes por parte dos empreendedores e da sociedade em geral, que passa a ver a empresa a qual utiliza os mais variados produtos, como uma entidade preocupada com as questões ambientais e que faz a sua parte por um mundo melhor.

 

 


Fontes:

http://blogbrasil.comstor.com/a-importancia-da-ti-sustentavel
http://www.devmedia.com.br/ti-sustentavel-conceito-solucoes-e-consequencias/29394
http://www.algartech.com/portugues/noticias/em-noticia/solucoes/ti-verde-sera-diferencial-das-empresas-de-tecnologia/
http://www.techoje.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/1178

Please reload

Posts Recentes
Please reload

  • Wix Twitter page
  • Wix Facebook page
  • Wix Google+ page
  • LinkedIn Social Icon